R. Dr. Paulo Machado, 383 - Jardim dos Estados - Campo Grande / MS

(67) 99980-4976 / (67) 3326-3073

Confira o vídeo do nosso teste com o Passat Highiline e seus 220 cv

12/08/2019 - 13:13 - Mário Salgado - Fotos: ShopCar - Fotos: Confira o vídeo da nossa avaliação

Durante uma semana, testamos pelas ruas de Campo Grande o sedã de luxo da Volkswagen. O carro traz nova central multimídia com tela de 9,2 polegadas sensível ao toque e que também aceita comandos por gestos. O motor permanece o mesmo, 2.0 TSI, com turbo, injeção direta de gasolina e 220 cavalos. A aparência externa também é a mesma, que já incluía faróis e lanternas traseiras totalmente em LEDs. Vimos que além de muito conforto, ele tem uma pegada esportiva, até com controle de largada, para usar nas pistas. No fim do texto, temos nosso vídeo com a avaliação pelas ruas de Campo Grande.

De acordo com a VW, os compradores do Passat são homens em sua maioria (84%), têm cerca de 50 anos e renda mensal em torno de R$ 30 mil. Para atender esse consumidor a Volkswagen fechou uma parceria com a Inbra Blindados, que oferece proteção para o sedã por R$ 58,3 mil divididos em até cinco vezes. Mas eu com meus 39 anos, me diverti muito ao volante do Passatão.

Destaques do sedã

O Passat é montado na fábrica de Emden sobre a plataforma modular MQB, a mesma dos nacionais VW Polo, Virtus (feitos no ABC), Golf, Jetta, Audi A3 sedã e Q3 (fabricados em São José dos Pinhais, PR). O câmbio do Passat é automático de dupla embreagem com seis velocidades e aletas para troca de marcha atrás do volante. Segundo a VW ele acelera de zero a 100 km/h em 6,8 segundos e atinge 246 km/h de velocidade máxima. Seu motor utiliza apenas gasolina. Faz 10,4 km/l na cidade e 12,9 km/l na estrada. O que o deixa um carro divertido em alguns momentos e com boa autonomia.

A lista de equipamentos inclui piloto automático adaptativo (ACC), capaz de ajustar a velocidade do carro ao tráfego à frente e realizar frenagens de emergência. Traz seis airbags: dois frontais, dois laterais dianteiros e dois de cortina. 

Ainda entre os itens de segurança importantes há controles de tração e estabilidade, indicador de perda de pressão dos pneus, detector de fadiga e assistente dinâmico de farol alto, que “percebe” a aproximação de veículos em sentido contrário e impede que o facho alto ofusque o outro motorista. 

Bancos dianteiros têm aquecimento e o do motorista, memória de ajustes. Distância entre eixos de 2,79 m garante bom espaço no banco de trás. Ar-condicionado permite três zonas diferentes de temperatura. É possível abrir o porta-malas com movimento de chute. Fechamento também é elétrico, por um botão na parte interna da tampa.

O painel de instrumentos usa tela de cristal líquido de alta definição que também reproduz informações da central multimídia. O motorista tem a opção abrir um espaço maior entre as imagens que formam o velocímetro e o conta-giros, dando prioridade ao mapa de navegação, por exemplo. 

O espaço para bagagem é bem grande, 586 litros. O Passat mede 4,76 metros e tem 2,79 de distância entre eixos. Vem com start-stop (que desliga e religa o motor em trânsito pesado ou semáforos), ar-condicionado automático com três zonas distintas de temperatura, bancos dianteiros com aquecimento (mais memória para o do motorista), assistente de partida em rampa, sensores dianteiro e traseiro de estacionamento, câmera de ré, para-sóis com espelho iluminado, retrovisores externos rebatíveis e com aquecimento. 

A tela da nova central multimídia tem cerca de 23 centímetros na diagonal, tamanho parecido com o de um tablet. Não há botões “físicos”. O controle por gestos (movimentos laterais da mão) permite acessar o menu, alterar estações de rádio, selecionar músicas ou fotos. 

Permite conectividade com smartphones pelas plataformas Mirror Link, Apple Car Play e Android Auto. É possível utilizar aplicativos para navegação (Waze, Google Maps) ou para música (Spotify). Também traz recursos de comando de voz e navegação integrados e o sistema Map Care, que permite a atualização periódica gratuita da base de mapas.

Segundo a VW, a central multimídia do Passat 2018 permite conexão com diferentes telefones ao mesmo tempo. Também é equipada com leitor de DVD, traz um HD interno de 60 gb de capacidade e entradas auxiliares e para cartões SD. Além de gestos ou voz, os comandos podem ser executados também pelos botões do volante. 

O único equipamento opcional do Passat é o teto solar panorâmico com acionamento elétrico, que custa R$ 5.370. O preço dele de tabela é R$ 163 mil. Mas isso pode variar de região para região.

 

Mais fotos
Clique na foto para ampliar